5 Dicas poderosas para prospectar clientes na advocacia

5 Dicas poderosas para prospectar clientes na advocacia

Como prospectar clientes na advocacia costuma ser uma questão bastante recorrente entre os advogados, sobretudo entre os advogados iniciantes.

A verdade é que existem diversas maneiras para o advogado captar clientes sem precisar se expor excessivamente nas redes sociais ou violar o código de ética da OAB.

Acontece que com a ampla concorrência e o mercado de trabalho mais exigente, expandir sua carteira de clientes pode ser mais cansativo e demorado, portanto, dedique-se a atrair clientes para seu escritório físico ou virtual e fique por aqui para receber 5 dicas poderosas para te ajudar nessa caminhada.

1. Desenvolva conexões com pessoas;
2. Analise as opções de marketing gratuitas;
3. Aprenda prospectar clientes com conteúdo relevante;
4. Não subestime o poder das indicações;
5. Se posicione como um advogado especialista.

 

1 – Desenvolva conexões com pessoas

 O primeiro passo para a prospecção de clientes na advocacia é concentrar-se em se empenhar para construir relacionamentos com pessoas. Possuir o famoso networking” é mais que necessário para quem busca criar uma rede de contatos eficiente.

Um grande erro que se comete ao iniciar na prospecção de clientes, é ignorar algum grupo de pessoas do seu convívio por achar que eles não se encaixam no perfil de possíveis clientes. O ideal é nunca subestimar um potencial consumidor dos seus serviços advocatícios.

A dica primordial é se esforçar para não criar barreiras ao tentar se conectar com outros profissionais, saiba deixar uma boa impressão do seu trabalho e caráter.

Ao participar de eventos, tente não se mostrar superficial aos problemas alheios e por fim, procure ser gentil para ter como resultado relações fortes e verdadeiras.

Logo, se você é um jovem advogado iniciando no ramo jurídico, saiba que não há momento melhor para divulgar seu trabalho e em contrapartida, ajudar quem também precisa ser ajudado. Portanto, estabeleça e mantenha relacionamentos interpessoais.

Leia também: Como se tornar um advogado de sucesso.

2 – Analise as opções de marketing gratuitas

A segunda dica para prospectar clientes na advocacia irá ajudar de forma significativa quem não possui muito dinheiro para investir em marketing.

Diferente do que muitos pensam, há muitas opções na internet que podem facilitar na divulgação do advogado ou do escritório.

O Google meu negócio é um bom exemplo de que você poderá ser encontrado por possíveis clientes dentro da localização que está inserido de forma gratuita, basta se cadastrar.

Outra opção gratuita e de grande valia para os advogados é o GetNinjas, que nada mais é do que um site/app onde os profissionais podem se conectar com clientes ou outros profissionais, prestando consultoria jurídica, realizando mediação de conflitos, podendo até mesmo advogar em juízo.

No mais, outra dica que não deve ser menosprezada é o LinkedIn, que é uma rede social profissional, onde existem diversas possibilidades de contatos que certamente poderá levar a fechamentos de contratos.

Poderá ser útil: Google para advogados: tudo o que você precisa saber!

 

3 – Aprenda prospectar clientes com conteúdo relevante

 Ao criar conteúdo na internet, muitos advogados possuem o mesmo receio: violar o código de ética da OAB. Entretanto, é preciso esclarecer que a divulgação do conteúdo deve ser meramente informativo e não poderá haver venda explícita/direta dos serviços jurídicos.

Agora que tal questão foi elucidada, é possível dizer que o profissional do Direito que deseja captar clientes, deve usar um dos recursos atuais do marketing: criação de conteúdo.

A internet é um ambiente democrático e tem lugar para todos. Desse modo, caso tenha receio de aparecer, basta criar um blog e fornecer informações pertinentes sobre casos que sejam recorrentes e relevantes para seu público-alvo.

Vale ressaltar que o advogado poderá também criar um canal no YouTube e disponibilizar vídeos sobre notícias, novidades e outros pontos que entenda ser relevantes do universo jurídico para potenciais clientes.

Por fim, sendo advogado iniciante ou não, para obter atenção dos possíveis clientes, é preciso ter recorrência nas postagens e qualidade dos conteúdos publicados.

 Estude: Direito, Inovação e Tecnologia.

4 – Não subestime o poder das indicações

Com o advento da internet e grandes mídias sociais, o sistema de divulgação “boca a boca” ficou cada vez mais esquecido. Pouco se sabe sobre o poder que tal estratégia pode causar na carreira de um advogado.

Apesar do mundo estar altamente digital, grades escritórios de advocacia atraem muitos dos seus clientes através da indicação de tantos outros clientes satisfeitos.

O que acontece é, quando o advogado é honesto e realiza um bom trabalho, o consumidor daquele serviço jurídico irá espalhar o nome naquele profissional para todos que puder, a fim de que ele seja recompensado por ser um profissional qualificado.

Lembre-se, praticar o marketing digital atual é de grande importância, contudo, o velho e antigo marketing “raiz” traz a verdadeira propaganda espontânea e como consequência, muitos clientes fidelizados.

Faça Networking: adquira uma pós-graduação!

5 – Se posicione como um advogado especialista

Não basta seguir todos os passos acima se você não está disposto a se qualificar para desempenhar as atividades necessárias que irão trazer clientes de maneira exponencial.

Atrair clientes na advocacia não precisa ser “um bicho de sete cabeças”, por isso, facilite a escolha do seu cliente ao contratar você como patrono da causa dele.

Construir uma reputação especializada costuma ser infinitamente mais fácil do que a reputação generalista.

Em um país abarrotado de profissionais de procedência duvidosa, gerar confiança para fechar aquele contrato de alto valor tem seu preço.

Logo, de que adianta atrair clientes para o seu escritório se não terá conhecimento e confiança suficiente para suprir as expectativas dos consumidores dos seus serviços?

Procure especializações em que se identifica ou que estejam em alta no direito e se aprofunde nos assuntos que tem interesse. Tal passo irá facilitar a abertura de novas experiências e como resultado, a captação de uma clientela qualificada.

Você poderá se interessar também: Conheça as áreas mais lucrativas da advocacia.

 

Siga as dicas!

Se você começou a advogar agora ou está na estrada jurídica há um tempo, não importa, as dicas acima são destinadas a quem acredita estar tendo dificuldade em prospectar clientes na advocacia, portanto, não desanime e se empenhe em segui-las para modificar a sua realidade atual!

Dê o primeiro passo aqui: a Pós ESA é referência em Pós-graduações e acredita no seu futuro!

Escolha aqui sua especialização!



×