Especialização em direto: vale a pena fazer?

Especialização em direto: vale a pena fazer?

Fazer uma especialização em Direto é válida ainda? Esse é um questionamento feito por muitos recém formados que desejam se inserir no mercado de trabalho.

Todos sabem que a faculdade de Direito é uma das graduações mais procuradas pelos estudantes no Brasil. Todos os anos se formam milhares de estudantes nas mais de 1000 instituições ativas que oferecem esse curso.

Isso mantém a advocacia sempre em movimento, com novos profissionais ingressando na carreira a cada instante.

Em uma visão positiva, isso faz com que a advocacia se aprimore e evolua, com novas perspectivas, conhecimentos e personalidades. Por outro lado, a concorrência se torna maçante e os recém-formados vivem em uma luta diária para se destacarem.

Hoje a maior chance que um recém-formado tem para conseguir boas oportunidades de emprego e ingressar com mais segurança e propriedade na advocacia, é por meio de uma especialização em Direito.

É uma ótima forma de construir uma carreira sólida na advocacia, se destacando da concorrência e atuando em segmentos que oferecem excelentes remunerações.

Se a especialização é essencial para os recém-formados, fica também a dúvida para quem já tem experiência ou pensa em mudar de área de atuação, afinal, vale a pena fazer uma especialização em direito?  Confira abaixo!

Leia também: cursos de pós-graduação mais procurados em direito.

Os benefícios da especialização em direto

A resposta curta é que sim, vale a pena fazer uma pós-graduação em direito.

Somente a especialização irá te garantir avanços na carreira, reconhecimento e remuneração mais alta. Segundo uma pesquisa da catho, profissionais que investem em qualificação podem receber salários até 53,7% mais altos que o de profissionais que só possuem a graduação.

Isso ocorre porque no curso de graduação você terá um conhecimento superficial sobre as áreas do direito, e para alcançar um conhecimento suficiente para atuar em uma área, você irá precisar de uma especialização.

Além de ser mais lucrativo para o profissional, é a melhor forma de se manter distante da concorrência e garantir empregos mais estáveis.

Quando devo me especializar?

Não há uma regra exata de quando você deve iniciar sua especialização, muitos preferem começar logo que acabam a graduação, pois está tudo mais “fresco” na cabeça.

Mas isso não é um impedimento para quem já está em campo há algum tempo, o que você deve levar em consideração é sua vontade de aperfeiçoar seus conhecimentos e as possibilidades de se tornar um profissional qualificado e requisitado em um ambiente tão competitivo como é o ramo do direito.

Avalie o seu dia a dia, e reveja seus objetivos e metas para decidir o seu momento.

Saiba mais: A importância do aperfeiçoamento contínuo

Qual especialização escolher?

Você pode escolher sua área de atuação considerando três importantes fatores:

1. qual ramo do direito tenho mais gosto ou afinidade?

2. que tipo de habilidade ou conhecimento eu quero adquirir?

3. qual a relevância desse conhecimento para o meu trabalho atual ou para o mercado?

Como o direito tem diversos ramos e vertentes, você deve escolher algo que goste, mas também que vá te preparar para a prática naquela área escolhida, sem esquecer claro, de como essa especialização pode proporcionar uma carreira de sucesso e uma remuneração maior para você.

Aqui está uma lista das especializações que apresentam mais vagas de emprego no mercado de trabalho, com ótimas remunerações para iniciantes ou advogados mais experientes, clique em cada uma para ver mais detalhes.

Oportunidades de trabalho e carreira

Quem está em busca de uma especialização, geralmente está preocupado com o futuro, buscando condições de trabalho melhores, além de remunerações satisfatórias e mais justas.

Muitas vagas hoje já exigem a especialização, e a verdade é que cada vez mais o profissional qualificado é reconhecido e desejado pelo mercado, sem contar que advogados especialistas tem carreiras mais bem-sucedidas do que os “generalistas”.

Isso ocorre porque um especialista consegue desenvolver metodologias de trabalho para alcançar seus clientes em potencial e possui mais facilidade em entender as necessidades do seu setor, resultando em um número maior de causas ganhas e clientes satisfeitos.

Conhecimento ampliado

Ser um profissional especializado(a) aumenta consideravelmente a visão que você tem sobre uma área e cria novas possibilidades de atuação.

Você terá uma perspectiva mais profunda sobre um determinado assunto do direito, e isso é essencial não só para não cometer erros que podem prejudicar seus clientes e arruinar sua carreira logo de início, mas também para que você possa ter a oportunidade de adquirir autoridade na sua cidade ou região.

Se tornar uma referência na advocacia só é uma realidade possível para aqueles que investem em uma boa especialização e continuam se atualizando ao longo dos anos.

Além disso, cada vez mais torna-se fundamental ao advogado saber gerir o seu negócio (escritório) e empreender. Confira algumas especializações que podem dar um upgrade no seu negócio:

Leia: 3 especializações on-line (AO VIVO) para conhecer, escolher e chamar de sua.

Rede de contatos

Não há sucesso profissional sem uma boa rede de contatos!

Para os advogados iniciantes, fazer networking é uma necessidade, pois advogados experientes podem ser uma fonte de conhecimento mais próxima, auxiliando nos desafios da prática da advocacia.

No caso dos mais experientes, o networking funciona como captação de clientes, por meio de indicações e parcerias.

Em todo caso, os advogados com pós-graduação podem fazer essa rede de contatos com profissionais da mesma área e de outras, e até mesmo constituírem um escritório junto com seus colegas do curso de especialização, proporcionando um compartilhamento de ideias mais assertivo.

Mas lembre-se, para ter um networking poderoso, você deve cercar-se de pessoas com boas qualificações e habilidades profissionais, e escolher sua especialização em uma instituição séria, assim você também poderá contribuir com sua rede e se tornará um contato valioso!

As pós-graduações da ESA são reconhecidas pelo MEC e possuem as melhores avaliações!

Nosso time de professores é formado por grandes nomes do direito, que irão transmitir conhecimento e experiência prática para você atuar na advocacia com mais segurança.

Possuímos os cursos mais atualizados do direito, com foco em uma advocacia prática em áreas que são cobiçadas pelo mercado de trabalho.

Atualmente, nossos cursos são 100% EAD — você pode assistir quando e onde quiser. E temos uma enorme rede de networking para você trocar informações com advogados de todo o Brasil!

Clique aqui e conheça nossos cursos!

administrar um escritório de advocacia

 



×